Maria Poesia

Psicanálise e a Poesia na Vida Cotidiana.

A gente inventa a vida para caber dentro dela.

Textos


Lembranças são paredes estanques
construídas na nossa mente.
Elas existem no tempo linear...profano.
A saudade está envolta numa egrégora na alma,

...e nascem num tempo mítico e sagrado.

Lembranças podem ser boas...
ou não....
...saudades só se tem do que foi bom...
...e mesmo quando dói, é uma dor macia,
....como se elas fossem polvilhadas

com a leveza de um  pó dourado,
que só a ternura sabe soprar.
 
Lembranças muitas vezes
são escritas com ferro e fogo,
com o cálamo duro e seco
das mágoas....
....que ardem.... avivam
...e se anelam em
feridas já cicatrizadas.

Saudade é atemporal,

sem limites.....
...vence até a morte.
Lembrança é uma escolha,
podemos não querer mais lembrar...
...já que ela ( a lembrança )
é a imagem de um sentimento.
Saudade é uma emoção...
...é instintiva.....

e como tal irrompe
sem que a gente se aperceba.

 
Saudade são as reticências,
escritas no pergaminho do coração...
...guardados no nosso relicário
mais precioso...
...como jóias valiosas lapidadas
com a talha do amor,
que o tempo garimpou..
...e como um tesouro
pra sempre guardou!
 
Teresa 06.10.2009

Neusa Maria
Enviado por Neusa Maria em 06/10/2009
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Sonhos, Poesia e Psicologia